segunda-feira, abril 22, 2013

Uma história emocionante de superação, uma amizade nascida das dificuldades da vida.


Bons livros são lançados a todo o momento no site/editora Clube de Autores. Logicamente, é preciso fazer uma seletiva para encontrá-los, mas nada que determinação e tempo para trazer as "boas coisas a tona". QUANTAS CHANCES HOUVER, de Henrique Serafini, é um livro aparentemente, como qualquer outro, mas desde a sinopse até as primeiras páginas disponibilizadas no site, podemos perceber o seu diferencial.

Dimas, é um homem solitário, que perdeu sua amada esposa e seu precioso filho em um trágico acidente. Antes do fatídico acontecimento, ele levava uma vida feliz, em uma boa casa, publicando bons livros (era escritor) e cercado por seus amados, Sofhie e Felipe. Após o ocorrido, ele enfrenta o doloroso drama que é a vida sozinho, infeliz, amargurado, e sem a aparente "chance" de dar a volta por cima.
Mas algo chega para mudar os fatos. Resta saber se é para melhor ou pior?!
Benjamin é o nome dele, um garotinho de 5 anos que Dimas pretender adotar, mas as adversidades o levam para o caminho mais difícil, e conhecer o passado e a família do garoto, levará Dimas a enfrentar problemas não imaginados. Mas Dimas quer uma segunda chance, para recomeçar... Seria Benjamin sua chance? Ou quantas chances a vida pode nos dar?

Autor: Henrique Serafini
Editora: Clube de Autores/Agbook

Contatos com o autor:

Biografia do autor: Nascido em outubro de 1981, na cidade de São José Dos Pinhais – PR, é coordenador e professor de música há mais de cinco anos. Desde criança escreve contos, poesias e histórias que contagiavam seus familiares e amigos. Hoje tenta Alçar voos mais altos em direção ao mundo literário.
CURIOSIDADE: A música reproduzida no book trailer da obra, é solada pelo próprio escritor. Vale a pena conferir.
Por Nanda Silveira
Aos
Fissurados por Livros

Reações:

2 comentários:

  1. Cintia Mantoanni de Farias22 de abril de 2013 16:54

    Acabei de ver no twitter do blog sobre essa postagem, muito legal. Gostei demais da história. Nunca tinha visto outro livro que abordasse o tema sobre adoção, parece emocionante.

    ResponderExcluir
  2. Ana Carolina Duarte22 de abril de 2013 20:42

    Achei instigante.

    ResponderExcluir

Mensagens ofensivas serão excluídas do blog. Todos tem direito de opinar, criticar, entre outros, mas ao usar de palavras inapropriadas, seu comentário será removido. Att.