segunda-feira, novembro 07, 2011

Cemitério de Praga, por Umberto Eco


 “Personagens históricos em uma trama na qual se desenrola a história de complôs, enganos, falsificações e assassinatos, em que encontramos o jovem médico Sigmund Freud (que prescreve terapias à base de hipnose e cocaína), o escritor Ippolito Nievo, judeus que querem dominar o mundo, uma satanista, missas negras, os documentos falsos do caso Dreyfus, jesuítas que conspiram contra maçons, Garibaldi e a formação dos Protocolos dos Sábios de Sião. A única figura inventada nesse romance é o protagonista Simone Simonini, embora o autor defenda que basta falar de algo para esse algo passar a existir.”

Nascido em Alexandria, Umberto Eco fez Doutorado na Universidade de Turim aos 22 anos. É conhecido como semiólogo, crítico literário e novelista, e obteve fama internacional com o livro ''O Nome da Rosa''. Ampliou o uso da semiótica até a ficção, combinando vários gêneros, teoria literária, estudos medievais e exegese bíblica. É autor de vários livros.

Por Insana KZ.
Aos
Fissurados por livros.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Mensagens ofensivas serão excluídas do blog. Todos tem direito de opinar, criticar, entre outros, mas ao usar de palavras inapropriadas, seu comentário será removido. Att.