sexta-feira, outubro 12, 2012


Como vai galera do Imaginário’s? 

Aqui é o Samuel Rodrigues e hoje eu trago o Resenhando da Obra do autor Alexandre Apolca, “LEGNA”. 

TÍTULO: LEGNA
ISBN: 9788582180112
IDIOMA: Português
ENCADERNAÇÃO: Brochura
FORMATO: 16 x 23
PÁGINAS: 496
ANO DE EDIÇÃO: 2012
EDIÇÃO: 1ª 
EDITORA: Dracaena
CONTATO: CLIQUE AQUI



O Livro é um romance com fantasia, onde o autor nos prende em uma trama bem elaborada e consistente. Investiu muito bem na sensualidade dos personagens, e explorou com perfeição os locais por onde Legna passava. A sinopse em si já deixará o leitor a par da estória, conta tudo, ou melhor, quase tudo. No final do post a deixarei disponível para vocês. 

PONTOS POSITIVOS: 

Mas o que fará um possível leitor querer adquirir a Obra? 

O que realmente faz sentido na Obra são os acontecimentos com a personagem principal, Legna (que o nome ao contrário significa ANGEL, para a curiosidade do leitor), e como ela se safa dos problemas. 
Outro ponto que eu gostaria de destacar é a riqueza de detalhes que Alexandre Apolca nos fornece. Em vários momentos eu imaginei que estava junto de Legna, passeando por Miami ou então na romântica Paris. Foi extraordinário. 
 E não poderia faltar toda a sensualidade, muitas vezes, abusada, dos personagens. Fiquei imaginando: Será que os familiares, como os Avós de Alexandre Apolca, leram a obra? – Se sim, não consigo imaginar a feição deles em certos momentos, principalmente no último parágrafo do último capítulo na trama (risos). 
Sayed colocou seu rosto ao lado do meu e começou a me guiar vagarosamente aos minuciosos embalos da romântica melodia. Ficamos em absoluto silêncio ouvindo a música tocar e sentindo a pulsação um do outro. O calor do seu corpo aquecia minha gelada pele, meus olhos se fecharam para segurar meu ímpeto e não beijar carinhosamente seu pescoço, seu aroma enfeitiçava a minha alma, minha boca estava extremamente molhada de tanto anseio de beijá-lo avidamente
(Página 473). 

PONTOS NEGATIVOS: 

E o que fará o leitor rejeitar, de certa forma, a obra? 

Como nem tudo são feito de rosas, eu encontrei alguns erros ortograficamente falando, e uma amostra é o diálogo da página 141, onde Legna diz: “– Obrigada – agradeci ao sentar. - Já sei! O sinto – continuei quando ele ia abrir a boca para me pedir para pôr”. 
Como assim “SINTO”? – Se for o do carro é “CINTO” com “C”. Logo se pode confirmar que foi um erro despercebido pela equipe de Revisão, pois na página 143 a palavra está escrita corretamente. 

“UM ALÔ PARA OS REVISORES: NÓS ESCRITORES CONTAMOS COM O TRABALHO DE VOCÊS PARA O DESEMPENHO DA OBRA, NÃO FALHEM, hehehe.” 

Um ponto insistente em que tamanha confusão me causou foi na construção dos diálogos. Isso me deixou atordoado, pois como leitor, entro na estória, como eu já disse acima, Apolca fez com que Legna parecesse muito real, e transpassou isso em cada momento – ou seja, as horas se passaram e li a Obra num piscar. Mas por um motivo irritante, eu me deparava desconcentrado em certos momentos, por causa de MUITOS diálogos, como esse: 
 – Tô indo! – respondi para Angéli. 
– Foi um prazer te conhecer Alesi, quinta eu te devolvo o livro. 


Repare que os diálogos estão agrupados de forma estranha. Legna tem duas falas acima, e ao invés de juntá-las – o que é normal em uma Obra – elas estão separadas, e às vezes, eu me confundia nos diálogos, não sabendo quem era quem falando, ainda mais quando não tinha descrição como: “– disse Legna”. “– perguntou Angéli”. 

Esse tipo de erro persistiu em todo o livro, causando certa frustração. Erro que pode fazer o leitor se confundir e ficar voltando para tentar entender quem é que está falando, e isso deveria ser poupado. O que compensou foi a estória bem elabora de Alexandre Apolca, que não me deixou desistir. Porque de fato, havia momentos em que eu parava e perguntava: “Ei, quem é que falou isso?” – não dava para saber. 

– Para mim um chocolate quente e um croissant de presunto – respondi. 
– Você viu Bernard novamente? – perguntei. (Página 130). 


ERRADO: – Tô indo! – respondi para Angéli. 
– Foi um prazer te conhecer Alesi, quinta eu te devolvo o livro. 

CERTO: – Tô indo! – respondi para Angéli. – Foi um prazer te conhecer Alesi, quinta eu te devolvo o livro.

SINOPSE ORIGINAL DA OBRA:
Este livro conta a história de Legna Philps, uma garota que larga sua pacata vida em Miami para viver em Paris, onde ela começa um grande romance com Sayed Nasser, um garoto conhecido pela internet.

Com o passar do tempo, ela percebe que ele não é normal! Sayed a abandona sem nenhuma explicação, a partir disso, ela cai numa profunda depressão.

Em meio à melancolia, ela descobre que ele não é humano e logo em seguida o destino a faz descobrir o motivo do sumiço dele, eles estavam cometendo um caso de incesto.

Legna fica perturbada e tenta o suicídio, passa a usar drogas, e começa a ter distúrbios psicóticos; mas o destino a revela que o caso de incesto não passa de uma mera confusão e ela começa a procurar Sayed.

Eles voltam a viver um intenso e irreal romance, Sayed não precisa mais esconder que se trata de um milenar alquimista nascido em Atlântida. Ironicamente, Legna descobre que ela também não pertence a este mundo.
Não vou nem comentar sobre a Sinopse acima. Eu só fui ler a sinopse depois de estar quase no fim da Obra - e quando li que Sayed era o pai de Legna, fiquei muito furioso. Mas no fim, tudo não passa de um mal entendido, no qual eles de fato, não são parentes.

Minha avaliação para a Obra:

CRIATIVIDADE: ALTA                                                 DRAMA: ALTO
ROMANCE: ALTÍSSIMO                                               ESTÓRIA ORIGINAL: ALTA
ORTOGRAFIA: MÉDIA                                                 SUSPENSE: BAIXO
DIAGRAMAÇÃO: ÓTIMA                                            HUMOR: ALTO                              

 AVALIAÇÃO FINAL:

Por Samuel Ridrigues
Aos
Fissurados por Livros
  

Reações:

11 comentários:

  1. Muito legal cara. Seu resenhando está ótimo!
    Abraços do escritor, Hoghirt

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente, muito bom Samuel Rodrigues. Achei interessante a obra deste autor. E enfim um autor que não é do clube de autores. rssss já estava pensando que o Imaginário's só trabalhasse com escritores de lá....

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela Resenha! Adorei conhecer Legna! Bjuxxx

    ResponderExcluir
  4. Olá Carol, tudo bem? Nós não trabalhamos apenas com os autores do Clube de Autores. A intenção do Imaginário's Books é ajudar os escritores que não tem apoio editorial, por este motivo que eles são os que mais nos procuram. Contudo, não somos fechados apenas para o Clube de Autores e fazemos parcerias com os demais escritores e Editoras.
    Boa leitura :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas e se um escritor de uma editora normal desejar o serviço de vocês. Só porque ele tem uma editora a apoiar não vai poder fazer parte do blog?

      Excluir
    2. Como vai Rogério, tudo bem? Os escritores das Editoras Convencionais já tem todo o suporte adquirido para sua Obra, como os serviços de capa e revisão. Portanto, nós do Imaginário's só almejamos trabalhar com escritores de Editoras sob Demanda, pois eles não possuem tais serviços. Mas o serviço de divulgação que oferecemos é válido também para escritores de Editoras Convencionais. Espero ter esclarecido a sua dúvida :)

      Excluir
  5. Eu achei que a nota foi alta demais para tanta critica!

    ResponderExcluir
  6. Como vai Rogério, tudo bem? A nota está condizente com o conteúdo da Obra, como mencionado na Resenha, foi bem fundamentado. As críticas que fizemos são construtivas, não foram feitas para denegrir a Obra do colega, mas sim para ajudar. E, como fora identificado, os erros vem da parte da Revisão Editorial e não da estória em si. Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Parece história de vampiro misturado com sei lá o que! Mas essa mistura estranha ficou bacana, me chamou atenção pra ler a sinopse e pesquisar no blog.

    ResponderExcluir
  8. Olá pessoal adorei o tema deste livro.
    mas gostaria de saber se vcs irão fazer a resenha do livro o mundo de Marguerite Sülever também...

    seria bem bacana né?

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Obrigado pela resenha, e pelas criticas construtivas também.
    Quem quiser saber mais sobre eu ou o livro, é só entrar no meu blog: http://apolca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Mensagens ofensivas serão excluídas do blog. Todos tem direito de opinar, criticar, entre outros, mas ao usar de palavras inapropriadas, seu comentário será removido. Att.