quinta-feira, março 22, 2012


"Seja no mundo ocidental quanto no oriental, diversas lendas nos fazem acreditar que os vampiros são muito mais do que simples lendas.
Eles existem realmente?
Criaturas tão fascinantes que despertam ao mesmo tempo fascínio e repulsa.
Nessa obra, narrada de forma surpreendente, os mistérios acerca dessas criaturas serão revelados de uma maneira totalmente inédita.
Não procure encontrar nesse livro vampiros amigáveis e gentis."


"Haveria a possibilidade de redenção para uma alma amaldiçoada ao longo dos séculos? E, se houver, o que ela deveria fazer para que o Criador a absolva de todos os seus pecados?

Prosseguindo a narrativa do primeiro livro, o leitor se deparará com acontecimentos jamais imaginados e que mudarão para sempre a forma como encara os mistérios que cercam os predadores noturnos.

Conseguirão eles, algum dia, o perdão divino?"


"Ao ler um livro você já teve vontade de mudar alguns acontecimentos e até mesmo alterar o final dos personagens?
Esse livro lhe proporciona a chance de ter seus pedidos atendidos.
Nele você encarna o personagem e decide quais caminhos seguir e que decisões tomar, cabendo somente à você decidir seu destino.
Certamente uma obra que o fará ver a literatura de uma maneira totalmente nova."

 
Olá Insanos, hoje iremos postar nossa 1ª entrevista no Imaginário's Books. O autor convidado, chama-se Oscar Mendes Filho, autor da Obra "O Prisioneiro da Eternidade" dividido em dois volumes, e 1 em formato RPG - para que os leitores criem sua própria aventura. Publicada pela editora Clube de Autores, a obra encontra-se disponível na loja Online da mesma. Confiram lá.





1 - Insana Kz. quer saber: Baseado nessas sinopses tão intrigantes, chamativas, e bem escrita... Qual foi a sua inspiração para escrever esses livros? E por que você escolheu esse tema... Terror?

Desde criança eu sempre gostei de filmes de terror e, mesmo após crescer, esse fascínio pelo gênero permaneceu, de forma que prefiro escrever sobre ele.
A inspiração veio das histórias de vampiros, e sobre uma idéia que tive sobre uma até então inédita origem de tais criaturas. No Prisioneiro da Eternidade eu narro a história de uma dessas criaturas, um vampiro, desde sua criação até os dias atuais.

2 - Muitos possuem o dom da escrita, desde pequenos já apresentam indícios de que se tornará um bom escritor. E você, Oscar? Quando descobriu que tinha a capacidade de se tornar um escritor?

Sempre gostei muito de ler, e tive acesso aos primeiros livros quando tinha por volta dos oito anos, mas comecei a escrever quando tinha uns onze. Inicialmente eu criava histórias em quadrinhos, de comédia e aventura, mas como não sou um bom desenhista, acabei ficando apenas com os enredos, os livros, e enveredei pela linha do terror.


3 - E sobre a obra, "Prisioneiro da Eternidade" - Quanto tempo levou para escrever cada volume?

O primeiro volume eu levei quase um ano, já o segundo, eu escrevi em mais ou menos oito meses.


4 - E como muitos escritores dizem "Eu reviso, e reviso meus livros antes de pensar em publicar" - você passou por isso também? Achou difícil publicá-lo, ou se sentiu "não preparado" como tantos outros autores?

Eu sempre reviso os livros que escrevo, mas é como um professor disse certa vez: “Textos são coisas vivas, e cada vez que os lemos, sentimos vontade de modificar alguma coisa”. Por isso eu não costumo ficar relendo o que já escrevi, porque sempre quero mudar ou acrescentar alguma coisa.

5 - Por que escolheu a Clube de Autores para publicar sua obra? Já fez lançamento em livrarias depois de as obras terem sido publicadas na editora?

Escolhi o Clube de Autores por ele possibilitar que os escritores criem e comercializem seus livros, principalmente aqueles que, por um motivo qualquer, não agraciados pela atenção das editoras “convencionais”.
Até o momento não realizei nenhum lançamento, divulgo meus trabalhos através do meu blog e da internet.
O único livro que possuo, seguindo a maneira “clássica”, é o Asgard – A Saga dos Nove Reinos, antologia em que participo com o conto O Arrependimento de Odin.

6 - E como é o apoio familiar em relação aos seus livros? Como estão agindo seus entes queridos sabendo que possuem um escritor em casa?

Embora eu ainda não ganhe a vida com a literatura, minha família me apóia e gosta bastante da ideia de ter um escritor fazendo parte dela. Meu filho, hoje de quatro anos, diz que quer aprender logo a ler e escrever para seguir os passos do pai (espero que com maior êxito comercial).

7 - "Prisioneiro da Eternidade", é sua primeira obra publicada? Fale um pouco mais sobre você, seus sonhos, planos futuros, e sobre seus livros. Quem é Oscar Mendes Filho, afinal?

Antes dele eu já havia escrito o Prisioneiro da Eternidade – RPG, obra em que o leitor tem a possibilidade de criar suas próprias aventuras, escolhendo os caminhos a serem seguidos pelo protagonista.
Aprecio muito minhas obras, que são em número de oito, e estão disponíveis tanto na página do Clube de Autores como no meu blog, o Prisioneiro da Eternidade, onde divulgo os links para que os leitores possam adquirir as obras de forma totalmente gratuita no formato de e-book. Até agora todas voltadas ao gênero horror, mas penso em escrever algo fora dessa linha, seguindo mais a linha da aventura e ficção como Conan, Senhor dos Anéis, e obras semelhantes.
Sou um cara tranquilo, bastante caseiro, e que não tolera injustiça e mediocridade. Acho que quando nos propomos a fazer alguma coisa, temos que fazer isso com o máximo de qualidade possível. Meu sonho é poder cuidar da minha família e deixar meu legado (no caso meus livros e ideias) para as próximas gerações.

Por Insana KZ.
Aos
Fissurados por livros.

Reações:

13 comentários:

  1. Nossa, meus parabéns ao autor! Sorte e muita garra. Publicar um livro independente não é fácil, estou no ramo há 3 anos e sei muito bem disso. Mas pela entrevista, pareceu-me muito boa as obras. Tem todo o meu Respeito e admiração. Abraços, Emannuela Rodrigues.

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de parabenizar esse blog lindo que ajuda nós escritores a divulgar nosso trabalho. Parabéns. E parabéns também ao escritor desta entrevista, que por sinal, ficou muito comovente. Amei a parte em que ele disse "Meu filho quer seguir os passos do pai", é isso aí... Lindo!

    ResponderExcluir
  3. "O Escritor é aquele que nunca perde a esperança, nem mesmo o brilho e a satisfação no olhar ao terminar cada obra"

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Insanos, visito esse blog porque ele sempre dá o apoio que os escritores precisam. Tamo juntoooo

    ResponderExcluir
  5. Fiquei muito interessada pela obra em RPG como eu faço para adquirir? Juntou duas coisas que eu gosto: ler e jogar.... rs.
    Gisele Melo de Andrade
    http://wwwblogliteraturaevida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gi.
      Você pode adquirir o livro através do Clube de Autores, pelo link http://www.clubedeautores.com.br/book/11507--Prisioneiro_da_Eternidade__RPG, mas aconselho a visitar meu blog, você encontrará informações bastante interessantes sobre ele.
      O endereço é www.prisioneirodaeternidade.blogspot.com

      Um abraço.

      Excluir
  6. Sou fã de obras de terror. Adorei esse post. Vou procurar saber mais sobre esse escritor. Parabéns Insana, ótimo post

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já eu não só de terror mas de vampiros também xD

      Excluir
  7. A sinopse parece legal, mas as capas tão mal desenvolvidas.uma pena, já que as capas são o que mais chama a atenção ;(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não julgue um livro pela capa cara. Como você mesmodisse, se a apresentação é bacana, o resto não importa. Minha opinião. Blog de parabéns.

      Excluir
    2. Pois é Pedro, infelizmente não é possível ser bom em tudo.
      Artes visuais não são meu forte, eu prefiro apenas escrever.
      As capas podem não ser primorosas, mas acredito que o conteúdo das obras irá agradá-lo, se for um apreciador do gênero.

      Excluir
  8. Gostaria de agradecer ao pessoal do blog pela oportunidade de divulgar meu trabalho.
    Difícil conseguir espaço quando decidimos não fazermos parte das "panelinhas literárias" que entulham o meio.

    ResponderExcluir
  9. Serás sempre bem-vindo Oscar. O prazer foi nosso de postar sua entrevista!!!! Sucesso sempre!

    ResponderExcluir

Mensagens ofensivas serão excluídas do blog. Todos tem direito de opinar, criticar, entre outros, mas ao usar de palavras inapropriadas, seu comentário será removido. Att.