quinta-feira, agosto 09, 2012

Olá Insanos,

A pedido de alguns leitores, entrevistamos a escritora Ana Melo, de pseudônimo "Ana M.R.", sobre sua carreira Literária e sua Obra "Silvery Moon, O conflito De Divindades".

Ana foi muito receptiva e simpática conosco, então pedimos a todos que lerem e gostarem da Entrevista, que entrem no link ao final da mesma, e deixem seu comentário na página Oficial da autora - incentivando-a, o.k.? Vamos mostrar receptividade com a autora também, queridos Insanos.


Insana KZ. quer saber:


1. Ana Melo, quando você tomou gosto em escrever? Você tem alguma influência familiar para ter se tornado escritora?

Bom, desde pequena adorava escrever. Poemas, contos, e crônicas... De tudo um pouco. Admito que no começo, eu não me interessava muito, mas depois de começar a ler não consegui mais parar, nem de escrever nem de ler. Comecei a guardar todas minhas obras em uma pastinha e aos poucos ela foi enchendo, mas ninguém deu muita atenção aos meus escritos, já que não gostava de mostrá-los. Somente minha mãe lia alguns e gostava. Mas não foi dai que surgiu a ideia de escrever um livro. Quando comecei a estudar na instituição SATC, tinha uma disciplina que no começo me assustou um pouco, a de Produção Textual. Mas eu já adorava escrever, e isso só foi me estimulando ainda mais, até que me dediquei a construção de um livro. Na verdade SILVERY MOON, O Conflito De Divindades, era para ser dois livros de uma mesma história, mas não gostei deles separados, então juntei-os, e ai está o resultado. 



2. Por que você decidiu publicar seu livro pela editora Clube de Autores? E o que você está achando dessa experiência?

Admito que nem pensava em publicar o livro. Ele era algo no qual trabalhava por pura diversão, escrever começava a se tornar um hobby. Então decidi mostrá-lo a uma amiga, Bruna, e ela me incentivou a procurar uma maneira de publicar. Como não tinha recursos para investir em editoras, acabei encontrando o site por acaso, e me identifiquei com suas políticas. Adorei a experiência, reconheço que é um pouco difícil conseguir divulgar por conta própria o livro, mas a maneira como o site dá chances aos novos autores é fantástico. E sempre há algumas pessoas dispostas a ajudar, por isso sou muito grata a vocês, Imaginário’s, pois são poucos que disponibilizam seu tempo em prol do bem do outro, e se preocupam em ajudar os novos escritores como eu. 


3. Você já fez o Lançamento da obra? E por que esse tema... Vampiro? Isso não prejudica o seu trabalho como escritora, por atualmente, o tema ser muito abordado?

Como dito anteriormente, não tenho recursos para investir em um grande lançamento. Por enquanto a divulgação está só na internet mesmo. O que pode ou não ser bom. 
Quanto ao tema, sempre foi o que mais me chamou atenção e do qual gosto muito. Mas o livro não trata somente de Vampiros, no começo pensei em incluir os deuses gregos, outro assunto que desperta muito minha atenção. Mas então pensei: “Por que não crio meus próprios deuses?”, e assim o fiz. E também, acho que não prejudica, já que o autor tem que escrever sobre o que ele mais gosta e o tema com o qual se identifica, caso contrário a obra não flui. Pensei em escrever sobre outras coisas, mas essa mistura de realidade e sobrenatural sempre fez parte das minhas preferências de leitura. 


4. Quais são as suas inspirações? Seus escritores favoritos?

Bom, tenho várias inspirações e, por conseguinte, vários escritores favoritos. Como: Stephenie Meyer, Rick Riordan, J. K. Rowling, L. J. Smith, P.C Cast, Kristin Cast, Richelle Mead e tantos outros. Mas vale ressaltar, que quando entrei no Clube de Autores fiquei fascinada com muitos autores, tem muita gente com talento lá, e certamente vou querer ler suas obras. Dentre esses, não poderia deixar de destacar: Di Brandão, Rachel Antevere, Erick Santana e Priscila Uller. 


5. E seus amigos...? Familiares...? O que eles acham ao saberem que tem uma escritora em casa?

A maioria ficou consideravelmente surpresa. “Como tu escreves 500 e poucas páginas sem ninguém saber?”. Mas todos ficaram muito felizes por mim. Meus pais Fábio e Paulina ficaram muito orgulhosos, e eu fiquei muito feliz de lhes proporcionar esse orgulho. Minha tia Natalina Ronchi, também me ajudou a divulgar meu livro, postando links e ela própria adquirindo um exemplar. E todas essas atitudes só me incentivam a continuar tentando. 


6. O que você espera do futuro em relação a ser escritora?

Uma vez, disseram-me: “No Brasil ser escritor não é profissão, o que é uma pena, ou você faz por gosto ou cai fora.” Como eu amo escrever isso não vai ser problema, estou pensando até na continuação desse livro, Melanie não pode acabar assim. E também nunca pensei em escrever para lucrar, mas sim por prazer, porque eu amo isso. Embora escrever seja minha verdadeira paixão, vou prestar faculdade de Arquitetura, mas nunca deixarei minhas produções literárias de lado. E não vou deixar de tentar mostrar o meu talento, a minha obra. 


7. Como tem sido a repercussão do seu trabalho como escritora?

Para ser sincera, tem sido muito difícil mesmo. As pessoas não dão muito valor aos jovens escritores, e tem muita gente com talento lá no Clube de Autores. Pode-se atrelar a esse fato, a questão do custo das obras também. Mas todos os livros caminham nessa margem de preço. Embora os direitos autorais, não sejam elevados, o custo da impressão e capa é consideravelmente alto, e aumenta conforme o número de páginas, o que torna a obra um pouco mais cara. Mas não vou desistir, e agradeço ao Imaginário’s Books por me ajudar nessa parte de minha caminhada.




Por Insana KZ.
Aos
Fissurados por Livros.

Reações:

15 comentários:

  1. Amei a entrevista. Quando vai sair uma entrevista que eu possa ver a escritora? Respode aí imaginarios.

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Venho lhes informar que por motivo de o livro estar sofrendo nova revisão, foi retirado do site por tempo ainda inderterminado, no entanto breve. Mas assim que voltar, avisarei a vocês. Desculpe o incoveniente.
    Atenciosamente,
    Ana M. R.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, eu quero comprar sua obra. Adoro ficção, e me indentifico mto com a melanie. Avisa pra mim quando tiver disponivel blz? des.briana@yahoo.com.br

      Excluir
    2. Tudo bem Briana, aviso sim. Logo, logo a obra está de volta.
      Beijos.

      Excluir
  3. Oi Imaginarios, é da hora essas entrevistas que tu fazens... Parabiens

    ResponderExcluir
  4. A entrevista está estupenda! Parabéns ANA M.R. Sucesso!

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    A obra já está disponível no site.
    Desculpe o inconveniente e muito obrigada
    pelos comentários.
    Atenciosamente,
    Ana M. R.

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da entrevista, parabéns a autora e ao blog. A obra parece-me digna de leitura. Quando vai sair a entrevista visual? Ou resenha? Adorei a resenha que foi feita sobre o livro um conto de vampiro, mal posso esperar por essa.

    ResponderExcluir
  7. Anna Carolina Baldini13 de agosto de 2012 16:08

    Eu também gostaria de saber quando sai a entrevista visual galera.

    ResponderExcluir
  8. Alguém tem ideia se vai sair resenha desse livro, galera?

    ResponderExcluir
  9. Fissurado Por Livros Indignado16 de agosto de 2012 06:30

    olá galera,
    Estava olhando o blog e me deparei com a entrevista de Ana M. R., gostei bastante do modo como expôs as coisas claramente e fui conferir sua obra, vejo que tem comentários positivos, mesmo no próprio resumo que está aqui no site. Mas aí eu me pergunto: Quantos de vocês já compraram a obra dela? Quantos de vocês sabem se realmente a obra é boa ou não? Não estou dizendo que a autora não tem talento, por que para escrever um livro tem que ter muita força de vontade. E também não existe livro ruim e sim livro mal escrito. Mas, vejo que muitos comentaram muito bem a obra... então? Alguém realmente comprou a obra? Por que sei que o blog está ajudando os novos escritores e tudo, mas se nós também não fizermos nossa parte de nada vai adiantar. Que adianta a autora ver milhares de comentários bonitinhos e vai até sua obra e vê que ninguém comprou ela? Isso não desestabiliza um autor? Alguns dizem, quero sua obra e não sei o que... compraram o livro? Vejo que na própria entrevista ela fica convidando as pessoas a conferir o clube que tem muita gente com talento lá, e cita nomes desses autores que para ela mais se destacaram... e eles? Comentaram a obra dela? Exceção para Rachel... mas e o resto?
    Para refletir,
    Indignado.

    ResponderExcluir
  10. Depois do comentaário de cima eu decidi olhar tbem a obra. Meu, é muito caro! Acho que isso explica o porque ninguém compra né? mas também acho injusto isso ce vc diz coisas bvoas do livro tinha que al menos comprar-lo

    ResponderExcluir
  11. Também acho que se você diz coisas boas sobre o livro não é obrigado a comprá-lo, gostei da obra e também achei um pouco caro, mas disseram que é mais ou meno o preço do site. E acho que a autora vai se sentir estimulada com comentários positivos mesmo que as pessoas que elogiaram decidam não comprar o livro. Será que a autora não pode fazer uma versão mais acessível? Talvez diminuir a letra... sei lá? Isso pode ser um atrativo...

    ResponderExcluir
  12. Bom, referente a todos esses comentários, chegaram-se à conclusão de que a obra da escritora está acima do valor, por se tratar de um livro sob demanda. Porém, vocês precisam entender que a obra se trata de uma narrativa de 400 páginas. Isso colabora para o preço elevado. Não só o fato de ser sob demanda ou não.
    Mas em vista disso, nós do Imaginário's iremos propor a escritora que nos envie o PDF do livro para que possamos diagramá-lo de forma que o valor do livro caia, sem precisar alterar o conteúdo e nem mesmo, o tamanho de letra e fonte escolhida pela escritora. Aguardem mais informações,
    Att
    Equipe Imaginário's Books.

    ResponderExcluir
  13. Oi Imaginário's, já entraram em contato com a autora? Ela enviou o PDF? Fiquei bastante interessada na obra, queria ter mais informações. E quanto a capa? Ainda irá ser essa? Não que eu não tenha gostado, mas andei acompanhando os projetos de vocês e as capas que fazem são demais! Parabéns ao blog e também a escritora!

    ResponderExcluir

Mensagens ofensivas serão excluídas do blog. Todos tem direito de opinar, criticar, entre outros, mas ao usar de palavras inapropriadas, seu comentário será removido. Att.